Saltar para o conteúdo principal

Augusto do Souto Barreiros

 

Augusto do Souto Barreiros

Nasceu na Azinhaga em 15 Março de 1922, destacando-se sobretudo como etnólogo, através de um escrito antológico, em tom de monografia “Azinhaga– Livro de Horas” , publicado pela Autarquia em 1995. É autor também de interessantes poemas, entre outras suas obras, como “Nocturno”, “Canto que Volta ao Silencio” , “Naúfrago Sem Mar Para Morrer”, “ Capricho Ribatejano”, “Cancioneiro do Vinho Português” (Colectiva) e “Poemabril” (Colectiva).

voltar ao topo