Imprimir esta página

Patrício de Sousa Cecilio

Patrício de Sousa Cecilio

Nasceu em 1894, na Golegã. Foi um destacado elemento de um grupo de bandarilheiros amadores que passearam a sua 'aficion' e o seu romantismo pelas arenas até aos anos 20, sempre ou quase sempre, em espectáculos de beneficiência. Cecílio foi uma das personalidades que mais se preocupou com o anunciado final dos bandarilheiros profissionais, que havia na Golegã, tradicionalmente terra de toureiros. Para combater esse terrível panorama, Patrício Cecílio lembrou-se, em 1941, de oferecer ensinamentos a alguns jovens, baseados na sua experiência. O primeiro jovem a aceitar seria aquele que viria a ser, não o mais notável aluno, como o mais extraordinário toureiro português. Com efeito, Manuel dos Santos deu à Escola de Patrício Cecílio, uma fama e uma grandeza, que transpôs fronteiras. Mas outros alunos se destacaram e a escola do antigo bandarilheiro amador, nascida para criar bandarilheiros profissionais, acabou por ser uma escola, que além de vários desta categoria, originou o aparecimento de matadores de toiros e uma multidão de novilheiros. Mesmo depois da escola fechada, muitos pretendentes às glórias taurinas, continuaram a aparecer na Golegã e a pedir conselhos a Mestre Patrício . Faleceu na sua terra natal a 3 de Setembro de 1983. Foi ainda Presidente da Câmara Municipal da Golegã entre 1951 ae1961.